terça-feira, 29 de setembro de 2009

Vereadores um pires e muitos beijinhos

Por: Alex Mendes
Arnaldo Jabor, o melhor cronista deste país de gente incapaz de articular uma frase, disse que Brasileiro é um povo babaca, porque elegeu para o cargo mais importante do País um sujeito que não tem preparo nem escolaridade nem para ser gari. Apesar da violência na articulação das palavras eu concordo com o ilustre jornalista. Outro jornalista que desafiou o imaginário popular e a própria imprensa foi o Millôr Fernandes que disse que jornalismo é oposição, o resto é armazém de secos e molhados. Ele também está certo. Desconfie do jornalista adjetivista, dos releases enlatados que preenchem os buracos de jornais comprados por moedas de “Judas” pelo próprio poder público.

Falo isso nesse momento porque é um dos males dos meios de comunicação de juruti, onde a maioria se encontra nas mãos do poder executivo ou do poder legislativo. Os meios de comunicação esqueceram de cobrir as denúncias que recaem sobre o executivo e sobre a inércia do poder legislativo, em vez disso ficam noticiando o prêmio que o prefeito ganhou? Troque de pagina na internet, vejam paparazzo da Gisele do “Big bosta”, se o jornal for impresso limpe a janela com ele ou enrole o peixe que você comprou no mercado, se isso for pouco limpe a bunda. É tudo que vale um meio de comunicação parcial.

Meu ex-professor Walmir Lima grande Jornalista de Manaus disse que só quem defende a isenção jornalista é quem estudou jornalismo, só quem publica noticia parcial é quem não ama a noticia e quem não tem formação ética. Bom antes que alguém me pergunte, estou falando isso porque amo a informação. Eu vou logo dizendo, que amo a informação com transparência. Mais vou avisando que amo a informação não o prefeito, o deputado, o governador, o vereador e muito menos o presidente. Eu não amo ninguém que não deva amar. Por outro lado, detesto safadeza. Acho ridículo um homem puxando saco de outro homem. Detesto cara-de-pau, malandragem, cafonice e mau gosto e principalmente cinismo.

Outro dia fui surpreendido com um telefone de um amigo que me disse a seguinte frase: “ontem eu vi um boi voando lá na praça”, eu respondi com indignação _ meu Deus Juruti está assim? Ele sorriu e retrucou “eu imaginava que já tinha visto tudo nesse País, mais nunca tinha visto um boi voar, foi à primeira vez”.

É meu amigo em juruti tudo é possível. Dizem que por lá já aconteceu de tudo. Vereadores um pires e muitos beijinhos, secretários e suas exuberantes mansões, baixinho e auto, careca tem cabelo, gordo e magro, chapéu de palha e coberto com telha, imprensa papagaio de pirata, ATÉ UM TUBARÃO JÁ CAIU NA REDE DE UM PESCADOR! Mais boi voar, eu nunca vi!

Aproveito o artigo do boi para parabenizar os antigos vereadores do Partido dos Trabalhadores - PT, Rosivaldo Santos, Tio Sabá e Fernando Esteves, estes sim sabem como fazer oposição. Quando estiveram na oposição ao Governo do Isaias Batista nunca subiram no palanque, fiscalizaram colados no calcanhar do poder executivo. E chegaram lá. O PT deve muito a esses Heróis da resistência.

Aproveito também para convidar o PT e os Heróis para ensinar a “oposição” que com pires na mão e beijinhos e abraços só dá para ser cabeça de camarão, não dá para pensar em vôo mais longe.

Mas uma coisa é certa, Jurutiense é um povo solidário.

MEUS CAROS LEITORES não se assustem se verem BOI VOAR em Juruti!

Nova direção velhos problemas


Mesmo com a mudança na Direção da Escola Zelinda Guimarães, os alunos continuam estudando em uma sala coberta com palha e os problemas ainda estão sem solução. As informações são de professores que por medo de retaliação pediram para que seus nomes não fossem divulgados.

Toró visita redação do Blog


O Ex-vereador Luiz Antonio Braga de Souza (Toró) visitou a redação do Blog agora apouco e sem papas na língua nos deu uma entrevista exclusiva, revelou por que deixou de ser líder na bancada de sustentação do governo na Câmara de Vereadores na última legislatura. Também disse que deixou o PL e ingressou no PMDB por que o vice-prefeito Marcos Aurélio não cumpriu acordos políticos.

Toró ganhou duas eleições a de 1991 e de 1996, porém não levou por que o PTB seu partido a época não conseguiu coeficiente eleitoral. De acordo o ex-parlamentar esse vacilo se deu pela falta de experiência e maturidade política que ele não tinha, mas que com passar do tempo conseguiu adquirir e hoje não cometeria, mas o mesmo erro.

Em 1999 deixou o PTB e se filiou ao PMDB, no ano seguinte conseguiu em fim o primeiro mandato de vereador. Mas não demorou muito tempo no PMDB e deixou a sigla antes do mandato termina, por que ele não conseguiria se reeleger, devido o PMDB ter bons puxadores de votos e outros motivos que o ex-parlamentar preferiu não comentar.

Toró então deixa a situação juntamente com o vereador à época e hoje vice-prefeito Marcos Aurélio – PTB e se torna o posição ao PMBD.

Toró se reelege em 2004 na coligação PT-PL. Coligação essa que também elege o Prefeito Henrique Costa – PT. Toró então se sagra líder da bancada de governo.

Alex Mendes – Qual foi o motivo real para você deixar a liderança do governo na Câmara de Vereadores?
Toró - O Marcos Aurélio fez um acordo comigo para sairmos juntos da base de governo do PT e irmos fazer oposição administração a época, só que o marquinho não cumpriu com o acordo e voltou atrás e, eu segui na oposição a administração de Henrique Costa até hoje.

Alex Mendes – Qual foi o grande motivo do Marcos Aurélio ter voltado atrás no acordo?
Toró – O marquinho não cumpriu o acordo porque ele perderia espaço no governo e ficou com medo de enfrentar o Henrique, então ele voltou atrás e, eu segui em frente por que só homem de palavra.

Alex Mendes – Qual é a relação de vocês hoje?
Toró – A relação pessoal é boa, mas na política não temos, mas a finidade nenhuma.

Alex Mendes – Quais foram os acordos que o prefeito Henrique Costa – PT não cumpriu com você?
Toró – Quase todos, ele não gosta muito de cumprir acordos firmados. Só que o Henrique prometeu muitos empregos para se eleger e não empregou nem um terço das pessoas que ele prometeu como não compactuou com a mentira pedi para sair.

Alex Mendes – Que nota você dá para atual administração?
Toró - RS, RS, RS Sei lá. Bom, mas como tenho que dá uma nota dou nota zero para essa administração. Juruti hoje é uma cidade rica que recebeu só no ano passado de ISS 80 milhões e nesse exato momento tem crianças e famílias passando fome em juruti. Essa Administração distribui mal a renda do município. Digo mas essa administração está perdendo a oportunidade de transforma realisticamente a realidade da população do nosso município para melhor.

Alex Mendes – Qual a Sensação de não poder ter concorrido à eleição no ano passado?
Toró – De profunda triste, o meu mandato é um mandato do povo, principalmente do interior que depende diretamente dele. A verdade que essa eleição nós não perdemos para o PT, nós perdemos para os gabinetes da justiça do nosso Estado.


Alex Mendes – Em 20012 Que cargo você vai concorrer?
Toró – Eu seria o vereador, mas votado dessa legislatura, não fui porque me tomaram essa eleição. Se eleição fosse hoje seria candidato a vereador, mas até lá não sei, tenho voto e vontade política para pensar em vôo, mas longe.

Lendas da última eleição


DIZEM POR AI... II
Que dois filhos de juruti serão candidatos a Dep. Estadual...
Um é militar reformado e outro está iludido pelo poder executivo.
Perguntar não faz mal?
Quantos votos terão?
Serão eleitos?

DIZEM TAMBÉM QUE...
Que um quase não sai candidato na última eleição municipal, tinha tripla filiação.

GALINHADA
Depois que o advogado ganhou a causa no TRE, o dito cujo lhe prometeu até uma galinhada. Em fim, a galinha nunca aconteceu. E o tido cujo que não é pombo, mas anda peitudo por aí, bateu asa e vôo.

ADVOGADO
Ficou sem o cliente, sem o amigo e sem a galinhada!

Devolução de Brinquedo Fabricado no Brasil


O fabricante do brinquedo 'Lula de Pelúcia' está fazendo um recall para troca ou devolução do dinheiro devido a uma série de falhas de fabricação listadas abaixo:

1) Falta um dedo

2) Tem a fala presa

3) É mentiroso

4) Só diz 'Eu não sabia'

5) Não tem cérebro

6) Não pára em casa! Só quer viajar para o exterior

7) Só anda em má companhia, com dois outros bonecos encrenqueiros , o 'Evo de Coca' e o 'Chavez de Petróleo'

8) Não existe na versão movido a pilha, só na movido a álcool.

9) Pode ser adquirido facilmente com utilização de Cartão Corporativo

10) A boneca que faz par é muda, não presta para nada, mas custa uma fortuna ao contribuinte.

As trocas poderão ser efetuadas em outubro de 2010!

De olho na eleição de 2012

Aniversariante Marisson Batista
Convidados

Caroço e Pimpolhinha trocando carinhos

O empresário Marisson Batista jovem liderança política do Juruti Velho festejou seu aniversario no último final de semana. É o assunto, mas comentado era que cargo o aniversariante vai concorrer na próxima eleição Municipal. Veja quem esteve por lá...

DIZEM POR AI...

Que Almir Gabriel está tentando uma manobra quase secreta para tomar conta do PSDB. A história que corre é a de que ele visitou líderes nacionais da legenda mostrando uma pesquisa encomendada por ele, em que aparece melhor que Simão e Mário Couto e, que com este documento tenta colocar sua cabeça pra fora, novamente.

Jader Barbalho
No sábado pela manhã Jader era só sorriso. Dizem que ficou feliz depois que Carlos Xavier da Faepa mostrou ao deputado o resultado de uma pesquisa para o Governo que a Federação encomendou à Farani Consultoria de Salvador.

Entenda como anda a sucessão estadual

Quem Manda no PSDB???
Essa é a pergunta que todos fazem hoje. Porque o motivo da pergunta ?Porque Almir Gabriel conseguiu incluir seu nome, que não estava lá, na pesquisa que o PSDB fez para ver quem está melhor para o Governo e para o Senado. E qual a resposta da pesquisa ?
Talvez nem o Flexa saiba.O que se sabe, com certeza absoluta é que Almir quer ferrar Jatene, e seu nome está colocado na disputa que era só de Couto com Simão. E também se sabe que Gabriel é candidato sim.
A que? Por ele, ao Governo. E aí está o motivo da pergunta.Quem manda no PSDB?
Simão ?
Couto ?
Flexa ?
Ou Almir ?
É isso que se trava hoje no ninho tucano, mostrar para todos os filiados e simpatizantes quem manda neste partido. E todos buscam neste momento mandar mas, ainda não sabemos quem realmente apita. Ou seja, Almir está no jogo, mais para confundir que para explicar. E antes de ser o candidato ao Governo pelo PSDB Simão tem de passar por Mário e passar por Almir, que está em campo com seu famoso jeitinho de fazer política.Querendo esmagar Simão. Esmagadinho da silva.
Ser ou não ser
Quem imagina que Simão Jatene está fechado que vai ficar no PSDB, está redondamente enganado. Agora, agorinha mesmo paira sobre a cabeça do ex Governador uma grande dúvida; ficar no PSDB ou filiar-se no PMDB onde teria legenda para concorrer ao Governo do Estado.E Jatene, até o dia 2, só pensa nisso. Ó duvida cruel...
Deu no blog do Bacana

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Estádio: Clube do Remo




Veja quem esteve na inauguração do Estádio do Remo de Juruti









Torneios com cem times e mais de 30 mil em premiação marcaram ontem a inauguração do vestiário e do muro da Associação Esportiva Clube do Remo. Estiveram presentes ao evento o Deputado Estadual Antonio Rocha, o ex-prefeito Isaias Batista, os ex-vereadores João Amoedo, Toró e os empresários Marcelo Costa, Robson Lima, Carlinho. Entre outras lideranças política local.
O Dep. Antonio Rocha foi o autor da emendar parlamentar para construção do muro e do vestiário e patrocinador oficial do torneio no Estádio do Clube do Remo.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009


Helder Barbalho contra ataca




SOBRE A ENTRADA DE ZECA PIRÃO NO PMDB"

- Quem convidou o Zeca foi o deputado Jader. Eu já trouxe muita gente importante para o partido, como a Bel Mesquita mas antes verifiquei com o Asdrúbal se não teria problemas justamente por serem da mesma região. Fiz o mesmo com o Hildegardo Nunes avalizado pelo Jader e o Macarrão com o consentimento do Parcifal, seguindo o mesmo princípio territorial e de espaço político.

"SOBRE O APOIO DE ZECA PIRÃO A ELCIONE"
- Cada um tem de cuidar de buscar seus apoios. E o Pirão resolveu apoiar a deputada Elcione. Qual o problema disso ? Cada um apóia quem quiser, não houve retirada do apoio do Zeca ao Priante para apoiar a Elcione, houve sim uma decisão dele, só agora, de apoiar alguém para deputado federal e a opção dele foi pela deputada Elcione, assim como outros vão optar por apoiar o Asdrúbal, o Priante, a Bel e assim segue, naturalmente.

"SOBRE PRIANTE"

- Tenho amizade, compromisso político e laços familiares com o Priante. O Priante é um quadro excepcional dentro do PMDB, apoiei e fiz campanha para ele quando foi candidato ao Governo e a Prefeitura de Belém. Se ele for candidato a majoritário em 2010 serei o primeiro a levantar a bandeira dele. Estive jantando com ele na última quinta na orla de Santarém, até a meia noite, batendo papo. O que estão querendo fazer é intriga, mas não vão conseguir pois meu relacionamento com o Priante é o melhor possível, e isso ninguém vai atrapalhar. E mais, se a deputada Elcione não for candidata a deputada federal meu voto é do Priante, já que o Jader deve vir para o Governo ou o Senado.

"SOBRE AS NOTÍCIAS DE "PROBLEMAS" DENTRO DO PMDB"
- Olha só, o PSDB vive em briga, não sabe quem vai ser candidato ao Governo, ao Senado. O PT nem se fala, é uma disputa sem fim, o DEM só não briga porque não tem com quem brigar, e se brigarem resolvem no apartamento deles na Doca. Então querem encontrar uma briga dentro do PMDB. Vão morrer tentando, porque o PMDB tem um líder, um comandante que é o deputado Jader Barbalho e não tem disputas internas, picuinhas, ti-ti-ti, essas coisas que não levam a lugar nenhum. Estamos unidos. Tentar criar intriga entre eu e o Priante, é só o que faltava. Aqui no PMDB não tem facção.Vai ver estão preocupados com o tamanho do nosso partido, com a força que temos e as pesquisas mostram isso.

"SOBRE SEU "ESTILO""
- Falaram até que sou um rolo compressor, mas eu estou mais para "jerico" ( rs rs rs). Jamais tomei uma atitude sequer dentro do partido sem pedir a orientação de quem é de direito. Tenho uma relação maravilhosa com todas as lideranças do Estado, inclusive pode perguntar por aí se não estou sempre pelo interior, prestigiando as iniciativas dos vereadores, prefeitos e deputados. Essa é mais uma notícia plantada que visa desarticular o PMDB, mas tenho até pena de quem tenta isso, pois o PMDB é unido, forte e marchamos sempre juntos.

"SOBRE SE O PMDB TERÁ CANDIDATO AO GOVERNO EM 2010"

- No meu ponto de vista tem que ter sim. Agora na minha avaliação do quadro, da conjuntura política, tem um detalhe que é importante. O PMDB nacional terá em 15 dias a resposta de Lula a proposta que fizemos a ele sobre o apoio a Dilma. Ou seja, só após esta decisão da executiva nacional é que teremos um caminho a seguir no estado."

Deu no Blog do Bacana

Blog deseja um Feliz aniversario

Aniversariante Junior Matos
Isaias Batista e Sobrinha em momente descontração
Aniversariante apagando as velinha

Doutora Lúcia e seu Dignissimo


Convidados

Blog esteve presente ontem no aniversario de Junior Matos, neto de Wilson Matos (Caroço) e Pimpolhinha.

Estiveram por lá Doutora Lúcia e Família, Isaias Batista e Família, ex-vereador Cabeça, empresários Rafael Matos, Leandro Dantas, Julia Coelho e entre outros que deram o ar da graça na festa.

Hildebrando “Motosserra” condenado no Acre


Terminou o julgamento de Hildebrando Pascoal, o ex-deputado pefelê da motosserra. O júri popular condenou-o a mais 18 anos de prisão.

É a oitava condenação imposta a Hildebrando. O Ministério Público defendera a pena máxima: 30 anos.

Os promotores haviam pedido também que o criminoso fosse sentenciado a pagar indenização de R$ 500 mil à família de sua vítima. O juiz negou.

Hildebrando foi ao tribunal de júri por conta da morte de Agilson Santos. Um crime brutal, ocorrido em 1996.

O ex-deputado comandou uma sessão de tortura. Sua vítima teve os olhos vazados. Passaram-lhe na motosserra braços, pernas e pênis...

...Cravaram-lhe um prego na testa. Para consumar o assassinato, Hildebrando atirou contra a cabeça de Agilson.

Sanderson Moura, advogado de Hildebrando, disse que irá recorrer. Seu cliente retornou ao cárcere que o hospeda desde 1999, em Rio Branco.

Aliados da base de governo do PT podem trocar Dilma por Ciro e Serra


Em público, o petismo recobre sua presidenciável, Dilma Rousseff, com um manto de otimismo. Nos subterrâneos, dá-se coisa diversa.

O PT passou a ruminar o receio de que os sócios minoritários do consórcio partidário do governo troquem Dilma por outros candidatos.

Legendas como PTB, PP e PR já flertam com uma opção tucana: o governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

Aliados mais à esquerda –PDT e PCdoB— passaram a considerar a hipótese de se agregar à caravana de Ciro Gomes (PSB).

O reboliço é tonificado pelo desempenho da chefe da Casa Civil nas pesquisas de opinião.

Desde que Marina Silva (PV) entrou na briga, a candidata de Lula exibe posição estacionária, com viés de baixa.

Serra também caiu. Mantém, contudo, uma liderança ainda folgada. Em movimento inverso, Ciro cresce. O PT enxerga nas sondagens um retrato provisório e reversível.

Não há, por ora, petista que se anime a contemplar a hipótese da ausência de Dilma no segundo turno de 2010. Porém...

Porém, o petismo inquieta-se com o fato de Dilma ter estagnado num instante em que, pelos planos originais, deveria crescer.

Justamente a hora em que os partidos começam a se embrenhar nas negociações que resultarão nas alianças de 2010.

Lula e o PT haviam idealizado para Dilma um cenário de prestígio crescente. Em escalada progressiva, bateria, entre dezembro e janeiro, na casa dos 30%.

Algo que seria facilitado pelo prestígio de Lula e pela impressão das digitais de Dilma nos programas do governo –o PAC, o milhão de casas populares e o pré-sal.

O temor do PT não é infundado. Embora ocorram abaixo da linha d’água, os primeiros movimentos partidários já começam a ganhar a superfície.

Integrantes da cúpula do PT detectaram as seguintes pegadas:

1. Ciro e o governador pernambucano Eduardo Campos, presidente do PSB, tricotam com PCdoB e PDT.

Na seara comunista, participam das conversas Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e Renato Rabelo, presidente do PCdoB.

No PDT, o flerte se dá com o deputado Paulo Pereira da Silva (SP), o Paulinho da Força Sindical.

2. O deputado cassado Roberto Jefferson (RJ), presidente do PTB, move-se em todas as direções, menos no rumo de Dilma.

Tentou, sem sucesso, empinar uma candidatura presidencial de Henrique Meirelles, presidente do BC. Em privado, revela pendores tucanos.

Jefferson tem uma queda política pelo governador tucano de Minas, Aécio Neves. Acha-o um candidato leve. Mas não demonstra aversão por Serra.

3. O deputado cassado Valdemar da Costa Neto, espécie de dono do PR, passou a difundir a versão de que a canoa de Dilma furou. Como opção, cita Serra.

4. O senador Francisco Dornelles (RJ), presidente do PP, revela-se, entre quatro paredes, irritado com o assanhamento do petista Lindberg Farias.

Prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg ameaça candidatar-se ao governo do Rio mesmo contra a vontade de Lula. Algo que deixa Dornelles desalentado.

Diz-se no PT que, se o PSDB já tivesse optado por Aécio, sobrinho de Dornelles, o PP seria caso perdido. Tenta-se evitar que o indesejável se dê também com Serra.

Para complicar, os partidos pequenos e médios abrigados sob o guarda-chuva de Lula irritam-se com a preferência que o presidente e o PT dão ao PMDB.

Há dois dias, o grão-pemedebê Michel Temer (SP) esboçou com Dilma um pré-acardo eleitoral a ser celebrado em outubro.

PTB, PR e PP, legendas que freqüentam a beirada direita da tigela governista, sentem-se alijadas.

O PCdoB, assentado na beirada esquerda da tigela, é seduzido pelo pedaço do discurso de Ciro que realça o déficit moral que permeia a união de petês com pemedebês.

A eventual migração de aliados para quintais vizinhos preocupa sobretudo porque transferiria de Dilma para candidatos rivais valiosos minutos de tempo de televisão.

O PT planeja reagir em duas frentes. Vai cobrar de Dilma o retorno à vitrine. Ela se diz “curada” do câncer. Então, é hora de arregaçar as mangas do tailler.

De resto, pretende-se voltar os olhares para além dos limites do PMDB. Foi para o beleléu a pretensão de fazer de 2010 um plebiscito Lula - PT X FHC-PSDB, o "futuro" contra a "volta ao passado".

Até por isso, passou-se a considerar que o desprezo aos parceiros supostamente menos relevantes é coisa que escapa ao bom senso.
Deu no blog do Josias de Souza

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

De olho no Poder Legislativo

Vereadores de Juruti discutiram hoje na Câmara Municipal a falta de água na cidade. O Vereador Erodice Brelaz pediu ao líder do governo que encaminhe um oficio ao chefe do executivo para perguntar por que os reservatórios de água não estão sendo usados quando falta água na cidade. Segundo o Parlamentar existem dos reservatórios de água na cidade um fica atrás do estádio do Clube do Remo e outro fica Próximo ao Tribodromo.

Martop
O Vereador José Glauber – DEM disse em plenário hoje que a construtora Martop está fazendo um péssimo serviço de asfalto na cidade. Ele citou o exemplo do Bairro do Palmeiras que de acordo com o parlamentar quando chove a água entra nas casas e causa transtorno as famílias.

“Já procurei todos os meios cabíveis para que a empresa melhore seus serviços e ainda não encontrei resposta. A empresa precisa respeitar a população”, frisou o vereador do Democrata.

Congresso
Será realizado em Belém nos dias 01 e 02 de outubro o XXVI Congresso Brasileiro de Prefeitos, Vereadores, Secretários e Assessores Municipais.

Poder Legislativo longe da população
Hoje a sessão na Câmara dos Vereadores durou apenas 1h e teve apenas seis vereadores em plenário e ninguém nas galerias. O vereador José Glauber disse que esse distanciamento da população em relação ao Câmara de vereadores se deve a falta de divulgação por parte de o próprio Poder Legislativo, “diferente do poder executivo que investe muito alto em propaganda, o poder Legislativo investe muito pouco ou quase nada na divulgação do nosso trabalho”, desabafa o vereador.

Chifre em cavalo

Foi um ti ti ti na reunião da bancada federal, ontem a noite em Brasília.
O deputado Paulo Rocha foi falar logo de corda na casa de enforcado.
Quando a deputada Elcione desabafava sobre as suas emendas que nunca são liberadas, Paulo pediu um aparte e disse que a deputada estava vendo "chifre " em cavalo.
Pra quê?
Foi um Deus nos acuda.
Falar em chifre pra Elcione?
Tá louco! Só mesmo um aloprado como o nosso querido mensaleiro Paulo Rocha.
Fonte: Deu no Blog do Vic

Lula ainda não desceu do palanque da reeleição


Num governo em que o presidente não desceu do palanque da reeleição, aproveitou o clima de campanha e logo tratou de trabalhar na indicação de uma candidata a suceder-lhe, é uma decorrência natural que ministros com aspirações nas urnas de 2010 também atropelem o calendário das eleições.

É atitude coerente com o estilo do chefe, mas reprovável sob vários aspectos.O mais evidente é o descumprimento de prazos e datas estabelecidos pela Justiça eleitoral, algo sempre passível de contestação formal.

Assim como Fernando Henrique, a partir de determinado momento do primeiro governo, passou a acordar e dormir com a ideia fixa da aprovação do segundo mandato consecutivo, Lula não toma qualquer decisão de alguma importância sem embalá-la num clima de campanha.
Visitas a canteiros do PAC foram convertidas em comícios, e a confirmação do petróleo no pré-sal inspirou a modelagem de um plano de reestatização do setor, com o erguimento de bandeiras nacionalistas e brados contra os “entreguistas”, sob medida para uso em 2010.

O descompromisso com calendários legais e a despreocupação com o uso do dinheiro do contribuinte em projetos políticos pessoais e partidários passam a ser práticas usuais também de ministros, à medida que avançam as negociações para a montagem de alianças e chapas regionais, como revelado em reportagem do GLOBO.

O petista Tarso Genro, da Justiça, um dos ministros pré-candidatos, sintomaticamente cumpre agendas, sempre às segundas e sextas, em Porto Alegre, sua base eleitoral.

A fórmula de se manter ministro, usar os recursos materiais e financeiros da pasta, sustentados pelo contribuinte, para fazer política de cunho pessoal fora da época legal, é disseminada: Geddel Vieira, ministro da Integração Nacional em nome do PMDB, é visto com frequência na Bahia, onde executa a missão de pavimentar a candidatura a governador do estado.

O mesmo sucede com o nome do PT para suceder a Aécio Neves em Minas, Patrus Ananias, cuja assessoria se esmera em fazer coincidir assuntos da pasta do Ministério do Desenvolvimento Social com os interesses eleitorais do ministro.

Também não foge à regra Paulo Bernardo, do Planejamento, muito presente em Curitiba, onde mora com a mulher, Gleisi, aspirante a candidata ao Senado. E também Carlos Minc, ministro do Meio Ambiente, peça nas articulações fluminenses.

Do ponto de vista formal, argumenta-se que todos cumprem lei que faculta a viagem de ministros para casa no fim de semana, e a volta ao trabalho, transportados em asas oficiais. Se assim for, há, no mínimo, uma grave infração ética.
Fonte: Editorial de O Globo

Hoje pode ser o último dia do julgamento do "crime da motosserra" no Acre


Segundo previsão do juiz Leandro Leri Gross, o debate entre defesa e acusação deve terminar por volta da meia noite. Ele acredita que ainda durante a madrugada os jurados façam a sentença. A denúncia sustenta que o ex-deputado federal Hildebrando Pascoal seqüestrou, torturou e matou brutalmente o mecânico Agilson Firmino dos Santos, o Baiano, entre os dias 1 e 2 de julho de 1996. O crime seria uma vingança contra a morte do irmão do acusado, Itamar Pascoal. Além de Hildebrando, estão sendo julgados Adão Libório de Albuquerque, primo do ex-parlamentar, e o ex-sargento Alex Fernandes Barros.

Os sete jurados acompanham desde as 8 horas da manhã a sustentação oral da acusação feita pelo promotor de Justiça Álvaro Pereira. O Ministério Público Estadual pede pena máxima por homicídio triplamente qualificado. Além de ser morta com vários tiros na cabeça, a vítima teve pernas, braços e pênis mutilados com emprego de motosserra e terçado (facão), além de ter os olhos furados e um prego enfiado na cabeça. "Laudo confirma a morte por múltiplos instrumentos, terçado, motosserra", afirmou o promotor na abertura da acusação.

O acusado já está condenado a 88 anos de cadeia por conta de outros crimes, entre eles dois assassinatos de testemunhas de acusação contra ele. Ao todo, as penas chegam a 88 anos, mas pela lei ele só pode cumprir no máximo 30 anos. A Promotoria tenta demonstrar que a tese da defesa de Hildebrando de desqualificar os depoimentos de testemunhas, entre eles, muitos criminosos condenados na Justiça por outros crimes, "não anula o bárbaro crime cometido". E que as provas anexadas aos autos provam que a morte foi uma vingança, porque Baiano estava junto com José Hugo no dia 31 de junho, quando este matou com um tiro na nuca o irmão de Hildebrando.

"Foi a maior caçada que se teve nesse Estado", afirmou. "Empreenderam uma busca seqüestrando e matando familiares para chegar em Hugo."
Ontem, no segundo dia do júri popular que analisará a condenação ou não de três dos sete acusados pelo assassinato, Hildebrando fez uma autodefesa em que se declarou um "preso político" e, pela primeira vez desde que foi preso, em 1999, disse saber quem foram os verdadeiros assassinos. Seriam dois ex-parlamentares amigos dele já mortos, o ex-vereador e policial Alípio Ferreira e o ex-deputado Carlos Airton.

Ciro Gomes cresce nas intenções de voto


O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) é o destaque da pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem sobre a disputa presidencial de 2010. Pela primeira vez no ano, ele subiu em todos os cenários, surgindo na frente ou empatado com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

A rejeição à candidata de Lula passou para 40%, contra 34% na última pesquisa, em junho. A rejeição a Serra também aumentou, de 25% para 30%.

O tucano e a petista sofreram queda nos dois cenários em que é possível fazer comparação com a pesquisa anterior, divulgada há três meses.

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 14 de setembro com 2.002 entrevistados em 142 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Pela primeira vez também, entra na pesquisa a senadora Marina Silva (PV-AC).

No cenário mais plausível hoje, Serra tem 35%, Ciro 17%, Dilma 15% e Marina 8%. Como a pesquisa tem margem de erro de dois pontos, Ciro e Dilma estão tecnicamente empatados.

Sem Marina e em cenário que é possível comparar os percentuais de agora e de junho, Serra e Dilma caem e Ciro e Heloísa Helena crescem. Serra recua de 38% para 34%, Dilma de 18% para 15%, enquanto Ciro sobe de 12% para 17% e Heloísa Helena de 7% para 10%.

Com o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), no lugar de Serra, Ciro assume a liderança com 28%, dez pontos à frente de Dilma. Aécio fica em terceiro, com 13% e Marina em quarto lugar, com 11%.

A pesquisa mostra Serra e Ciro como os candidatos com os menores índices de rejeição: 30% disseram que não votariam de jeito nenhum no tucano e 33% que não votariam no deputado do PSB. O índice de rejeição de Dilma e Heloísa Helena é o mais alto, 40%. O de Aécio e Marina é de 37%.

Segundo Amauri Teixeira, consultor da MCI Estratégia, que analisa os dados do Ibope a pedido da CNI, a intenção de voto, a mais de um ano para a eleição, é “muito volátil”.

Segundo ele, o crescimento de Ciro pode ter sido motivado por sua exposição no programa do PSB. Quanto à Dilma, Teixeira diz que é difícil precisar o motivo da queda.

Ciro afirmou que o resultado -”conseqüência de seu trabalho”- reforça a sua tese de que é melhor para a base de Lula é apresentar duas candidaturas. “Tenho trabalhado pra burro. Cheguei hoje de Tocantins, de madrugada. Vivo em campanha”, disse.

Enquanto aliados de Serra escolhem Ciro como adversário ideal, o presidente do PT, Ricardo Berzoini (SP), insiste na participação do PSB numa aliança com o PT. “Para o eleitor, fica mais fácil identificar os dois projetos. E o Ciro faz parte do nosso projeto”, afirmou.

Ciro disse que, se depender de sua vontade, vai disputar o Palácio do Planalto com o apoio de mais de 80% dos brasileiros. “Se depender da minha vontade, chego a 80%”, afirmou. Questionado se pretende disputar o governo de São Paulo ao invés da presidência, Ciro disse que sua disposição é enfrentar a corrida ao Palácio do Planalto pelo PSB.

“Se depender da minha vontade, sou candidato a presidente do Brasil. É isso que eu quero”, enfatizou.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Dep. Lira Maia garante Erodice Brelaz na Presidência do Democrata


Deputado Federal Lira Maia garantiu que não haverá troca de direção dos Democratas em Juruti e que o vereador Erodice Brelaz continua à frente da sigla no município, conforme informação do ex-vereador João Amoedo.

João disse que soube que um blog divulgou que a direção provisória dos Democratas iria ser trocada e imediatamente ligou para o celular do Deputado que se encontra em Brasília e de pronto o Deputado Lira Maia desmentiu a história e disse que ele não faz política dando pernada em ninguém.

João Amoedo já foi vereador em juruti por dose anos e está há mais de 20 anos no Democrata e está aguardando o quarto mandato.

Vereador Erodice encaminha requerimento ao Dep. Lira Maia


Ginásio poliesportivo, micro - sistema de abastecimento de água, patrulha agrícola e um recurso de R$ 100. 000, 00 mil, foi a solicitação do vereador e presidente do Democrata, Erodice Brelaz ao Gabinete do Deputado Federal Lira Maia.

Em pronunciamento hoje da Tribuna da Câmara Municipal de Juruti o Vereador de oposição Erodice Brelaz, além de fazer a solicitação ao Gabinete do Dep. Lira Maia pediu ao presidente da casa que se manifeste através de oficio ao Prefeito Henrique Costa – PT sobre a possibilidade de Juruti está incluído no linhão que vai trazer energia diretamente da hidroelétrica de Tucuruy, aos municípios da Calha Norte.

“Presidente não queremos mais tarde ser responsabilizado pela mineradora que ela não fez aqui, digo aqui na cidade a fabrica de alumina por falta de energia elétrica. Presidente temos que está atentos e vigilantes por que fomos eleitos para fiscalizar não só o poder público mais todas as questões que envolve diretamente nosso município e essa é uma questão muito importante, por que está em jogo centenas de empregos aqui para os nossos munícipes, caso essa empresa venha ser instalado aqui em Juruti”, disparou o Erodice ao presidente da Câmara Municipal de Juruti.

Em conversa Erodice Brelaz disse está preocupado com essa questão e aguarda um posicionamento rápido do Prefeito sobre esta questão.

Blog deseja um feliz aniversario



A família Batista Brelaz se reuniu hoje em um famoso restaurante de Juruti para comemorar o aniversario do vereador Erodice Brelaz. Estiveram presentes no almoço o ex-prefeito Isaias Batista Filho e sua esposa Lucidia Batista, Jonata Brelaz, o ex-vereador Cabeça, o empresário Leandro Dantas e claro sua esposa Nazaré Pessoa.

“Mingau quente se toma pela beirada.”


O Ex-deputado José Priante está dando uma de mineirinho. Do mês de julho pra cá, já visitou 36 município. Como diria a Banda de Pagode Só Pra Contraria, “Eu não tenho culpa de comer quietinho, no meu cantinho boto pra quebrar...”. Priante vai comendo calado por aí voto a voto.

Laranjal em juruti


Um prefeito da região Oeste do Pará, acaba de encomendar um novíssimo Carro, por alguns Reais.

Só que esse Carrinho, estará em nome de um empresário “laranja” conhecidíssimo da região.

Alias que nessa região o que não falta é “laranja”!

Essa fruta hoje é muito comum em Juruti, tem todo tipo: Tem Laranja:

- Piloto
- Funcionário de banco
- Dono de posto de gasolina
- Dono de Bar
- Churrasqueiro
-Funcionário público
-Moto – Taxista
- Assessores
- Empresários
Comentário do Blog do Isaias Filho
A ALCOA veio para juruti atrás de extrair a famosa bauxita, como já diria o Tenente Augusto em uma rádio Pirata há alguns anos atrás, “Juruti a futura capital da bauxita”. Não quero bancar aqui o profeta, mas hoje Juruti é a Capital da Laranja.

Assim falou Jader: “PMDB tem que dá mais espaço a mulher”


Sexta-feira 11 da noite, casamento de Marió Kató prefeito de Santa Isabel. Lá pelas tantas entrevisto Jader Barbalho para o programa de TV. Depois começo a especular, Barbalho sabe que sempre procuro noticias para o blog e ele resolve falar algumas coisas. O deputado está tranqüilo, fala como quem sabe que está em posição privilegiada - líder nas pesquisas tanto para o Senado como para o Governo - mas não demonstra nenhuma agitação, nenhuma pressa em tomar qualquer decisão. E pensa globalmente, não apenas no rumo do partido no estado, mas também nacionalmente.


SOBRE ANA JÚLIA"

- As pessoas acham que tenho alguma coisa contra a Ana. Não tenho nada contra, nos damos bem, nos respeitamos.


"SOBRE SER CANDIDATO AO GOVERNO"

- Por onde vou neste Estado escuto muita gente dizendo que o PMDB deveria ter candidato ao Governo, acho positivo mas não tenho nenhuma pretensão pessoal, já fui Governador duas vezes e uma candidatura ao Governo teria que vir do desejo da sociedade. As pesquisas são favoráveis. Tudo está indefinido, as solicitações são muitas, mas tudo tem seu tempo e o tempo de hoje é o tempo de esperar os personagens se moverem, ver como o quadro vai estar, ter calma.


" SOBRE OS RUMOS EM 2010"

- As pessoas esquecem que temos uma eleição presidencial chegando, fazem considerações locais sem levar em conta o quadro nacional e isso é um erro. Venho conversando com outras lideranças do PMDB no país, estamos avaliando o quadro. Só depois que o PMDB definir a aliança nacional é que vamos definir as alianças estaduais. Na próxima semana Michel Temer estará com Lula e aí o PMDB vai se reunir para decidir seu rumo. Só após essa definição do partido é que vamos começar a pensar nas definições do estado.


"SOBRE A QUE CARGO IRÁ CONCORRER"

- Um bom jogador não fica no campo correndo pra lá e pra cá, um bom jogador se posiciona e espera o melhor lance para fazer o gol. Sou um homem de vida longa na política, temos tempo, não precisamos decidir nada agora, não precisamos nos precipitar, não devemos nos afobar. Teve gente que quis porque quis Governar este estado mais uma vez e deu no que deu. Uma candidatura ao governo tem de partir da sociedade.


"SOBRE PAULO ROCHA "

- Tenho um excelente relacionamento com o Paulo, talvez dentro do PT seja a pessoa que tenho melhor relacionamento.


"SOBRE SE PREFERE SER CANDIDATO AO SENADO QUE AO GOVERNO"

- Hoje prefiro esperar, conversar com meus aliados, aqui e em Brasília.


"SOBRE A ÚLTIMA REUNIÃO COM ANA"

- Foi muito boa, tranqüila. As pessoas gostam de especular mas Ana me tratou bem e escutou as minhas ponderações.


"SOBRE JOVENS LIDERANÇAS"

- O PMDB sempre incentivou novos líderes, os jovens. E também as mulheres que devem ocupar mais espaços políticos. Fomos criados assim, no movimento estudantil e dou muito valor ao interesse político da juventude.


"SOBRE ALIANÇAS COM O PT OU PSDB EM 2010"

- Já fomos procurados por lideranças dos dois partidos, mas o PMDB tem musculatura suficiente para, se achar melhor, rumar sozinho. Não tenho a menor dúvida que se tivermos um candidato ao Governo já estamos no segundo turno e com enorme chance de vitória. Mas ter pressa para que?
Fonte: blogdobacana-marcelomarques.blogspot.com

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Espetáculo do crescimento


Ex-prefeito de Coari-AM sendo transferido do IPAD para o CPE



Blog exibe em primeira mão fotos do Ex-prefeito de Coari - AM, Adail Pinheiro sendo transferido do Instituto Prisional Antonio Trindade (IPAT) para o comando de policiamento da PM (CPE), onde funciona a cavalaria, no Conjunto D. Pedro na zona centro-oeste de Manaus.

Censura: nunca mais!


Fontes ligadas ao Blog confidenciaram que um órgão aqui do município recebeu vários jornais do Diário do Pará para distribuição gratuita em Juruti, mas não o fez, porque a primeira página do jornal tinha uma foto do Deputado Federal Jader Barbalho e a divulgação de pesquisa que mostra o Dep. DO PMDB em primeiro colocado na disputa estadual.

Lula tem prestígio e estratégia; falta-lhe o candidato


No ano passado, quando a ruína dos EUA contagiou o mundo e hipnotizou as manchetes, o Brasil era perseguido por dois tipos de previsão.

Numa, o país seria sugado pelo furacão. Noutra, seria salvo pela solidez de sua economia. O IBGE informa que prevaleceu a segunda hipótese.

A crise fez estrago de boa monta. Mas o PIB brasileiro voltou à trajetória de alta já no segundo trimestre deste 2009: 1,9%. Foi à breca a única estratégia visível da oposição. A crise levara o PSDB a idealizar para Lula um futuro de FHC. Calma, já explico.Quando FHC fizera o Plano Real, ainda sob Itamar Franco, o Brasil dispunha de muitos problemas, inflação alta e algum patrimônio público.

Ao cabo de oito anos de tucanato, o Brasil debelara a inflação, torrara o patrimônio e continuava submetido a muitos problemas.

A despeito do mau humor do eleitor de 2002, FHC achou que poderia impor José Serra como sucessor. Deu na eleição de Lula. Pois bem, o tucanato imaginara que, sob crise longeva, os humores do eleitor de 2011 voltariam a azedar, dessa vez contra Lula.
No idílio tucano, a popularidade de Lula despencaria. Ele iria à sucessão como um FHC reencarnado. Tentaria impor Dilma Rousseff. E elegeria José Serra.
Desfeita a macumba da crise, a oposição volta ao estágio anterior. Sobram-lhe candidatos –além de Serra, dispõe de Aécio Neves. Faltam-lhe mensagem e método.
O tucanato sabe que não vai se fazer na próxima eleição apenas destilando veneno. Terá de vender um sonho novo. Qual? Ainda não sabe.
Quanto a Lula, experimenta um drama inverso. Já dispõe do método e da mensagem. Falta-lhe o bom candidato.
Num instante em que a oposição imaginava que poderia congelar a sucessão, Lula inovou. Levou Dilma Rousseff à pista com dois anos de antecedência. Lula como que convidou os adversários para a contradança. Funcionou. Mas só até certo ponto. O ponto de interrogação. Arrastado para o centro da gafieira sucessória, o tucanato levou Noel à vitrola: “Mas com que roupa?” Até aí, ótimo para Lula.
Porém, a audácia do presidente pode ter convertido uma boa ministra numa péssima candidata. Lula fez de Dilma um alvo instantâneo e permanente.
A chefona da Casa Civil arde numa fogueira atrás da outra. O caso do dossiê anti-FHC, a adesão ao “Fica Sarney”, o diz-que-diz de Lina Vieira......O currículo anabolizado e, para complicar, o imprevisto do câncer. Dilma diz ter derrotado o linfoma. Não há quem torça pelo contrário. Porém...Porém, o eleitor minimamente informado sabe que a eventual eleição da ministra vai impor ao país uma presidente sujeita a recidivas.
Quem já deu de cara com um câncer sabe que a doença, mesmo depois de dominada, impõe ao paciente os exames periódicos.
Não há, nessa matéria, diagnósticos peremptórios antes de um prazo regulamentar. Coisa de cinco anos. Ninguém comenta. Mas o câncer compõe o pano de fundo.
Num país que teve de engolir José Sarney depois de ter festejado Tancredo Neves, doença grave não é algo que passe sem reflexão.De resto, o drama do vice-presidente José Alencar aguça o inconsciente coletivo. O eleitor é convidado a lembrar que o vice de Dilma será um pemedebê.
Cavalgando a popularidade do chefe, essa Dilma superexposta escalou rapidamente os dois dígitos nas pesquisas. Mas não subiu aos níveis idealizados por Lula.
Em privado, o presidente dissera que sua predileta ganharia a cara de favorita se chegasse ao final do ano com 30%.
A pouco mais de três meses da virada da folhinha, Dilma patina abaixo dos 20%, nas cercanias dos 15%. Lula mantém a colombina na pista. E aumenta o som da música.
Enquanto o PSDB se esfalfa para responder à pergunta de Noel, Lula vai de Zé Kéti. Cantarola que os próximos anos não serão iguais àqueles que passaram.
Gaba-se de ter resolvido os velhos problemas. Dividiu a renda, pagou a dívida externa, acumulou reservas, domou a crise, isso e aquilo.
O que vai ao palanque de 2010, diz o presidente, é “o debate sobre o futuro”. Impõe aos adversários uma agenda e uma eleição marcada pelo signo da continuidade.
A oposição esperneia. Sustenta: o que há de novo sob Lula não é bom. E o que há de bom não é novo. Mas não consegue dizer o que fará de novo e de bom.
Lula faz o que lhe cabe. Carrega na estratégia. Posa agora de neo-Getúlio. Depois do pré-sal é nosso, acena com a CLS (Consolidação das Leis Sociais).
Toca o baile, rezando para que Dilma se revele a bailarina exímia que ele idealizara e que a multidão hesita em enxergar.

Governo Ana Julia: Não rouba e não deixa rouba


Leomir da Silva Santos, motorista do chefe da Casa Civil, Claudio Puty, e mais três pessoas foram autuadas ontem por formação de quadrilha, assalto à mão armada e posse ilegal de arma por utilizarem um carro de propriedade do governo, uma picape modelo Toyota Hilux 3.0, placa JVF 7736, para praticar assaltos na cidade, entre os quais o de uma investigadora de polícia. O caso foi registrado na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), pelo delegado Luiz Xavier.

De acordo com o motorista Leomir da Silva Santos, 25 anos, ele e o secretário voltaram de Ipixuna do Pará, nordeste do Estado, na madrugada de ontem, mas ao invés de deixar o veículo na garagem depois deixar o secretário em casa, Leomir resolveu sair pela cidade, onde encontrou com alguns amigos, entre eles Carlos Alberto Neves dos Santos, 31, Rosinaldo Quintino Freire, 29, e Izan de Lira Ferreira, 29, conhecido como “Japonês”, que também é homicida, foragido da Colônia Agrícola Heleno Fragoso.

Entre meia-noite e 3h, Leomir e os amigos pararam em um bar da cidade, onde encontraram algumas mulheres para lhes fazer companhia. Durante essa estadia, Leomir disse ter emprestado o veículo para Izan, sem perguntar nada. Alguns minutos depois, ele retornou e as mulheres pediram para que Leomir as deixassem em suas casas, o que foi atendido. Leomir e os demais também resolveram ir para suas casas.

Por volta das 6h30, Leomir foi chamado novamente para beber em um bar próximo a sua casa. Pela segunda vez, às 9h, Leomir disse ter emprestado as chaves do carro para Izan, que saiu sem dizer aonde iria, retornando depois do meio-dia.

O ASSALTO

No mesmo dia, a investigadora Vânia Vieira, da Delegacia da Cabanagem, terminou seu plantão e esqueceu de entregar as chaves da sala para a próxima equipe. Ela voltou à delegacia, na avenida Independência e, no mesmo instante em que desceu da moto, viu dois homens descerem da picape, indo em sua direção. Os dois homens renderam a policial, juntamente com uma colega, e roubaram os pertences e suas pistolas, fugindo na moto da investigadora que imediatamente acionou o Centro Integrado de Operações (CIOP).

Por volta das 13h, a viatura 2241, ocupada pelos cabos França e Azevedo Filho, da 24ª ZPol, localizaram a picape na passagem Angelim, bairro da Terra Firme, entre as ruas Samomeira e 27 de Setembro.

Rosinaldo conduzia o veículo, enquanto Leomir e Carlos estavam no banco do carona totalmente embriagados. Todos foram conduzidos para a Seccional Urbana do Guamá, onde prestaram esclarecimentos. Após perceberem que um dos passageiros era o motorista da Casa Civil, o caso foi comunicado e repassado para a DRCO.

BUSCAS

A partir daí começaram as buscas pelos dois assaltantes, na Cabanagem, e a identificação dos suspeitos, na DRCO. Durante os depoimentos, Leomir entrou em contradição várias vezes, mas assumiu que emprestou o veículo duas vezes e que havia outra pessoa com eles durante a madrugada, o foragido Izan. Por volta das 16h, a delegada, junto a outra vítima, chegaram à delegacia e fizeram o reconhecimento dos envolvidos, com exceção de Izan.

Os homens que abordaram a investigadora e a colega, foram identificados pela polícia como sendo “Ramon” e “João”, conhecidos assaltantes do bairro da Cabanagem.

Após ouvir todos os envolvidos, o delegado Luiz Xavier comunicou para os presentes que os quatro foram autuados em flagrante e que, a partir daquele momento, eles ficariam sob responsabilidade da Justiça. (Diário do Pará)

sábado, 19 de setembro de 2009

Isaias Batista Filho: O Pensador



O Ex-prefeito de Juruti Isaias Batista Filho em reunião com lideranças comunitárias neste sábado na comunidade de São Pedro, ao ser perguntado sobre a questão Câmara Municipal e posição dos vereadores dos Democratas em relação à forma flexível com que estão fazendo oposição a atual administração. Isaias disparou a seguinte frase “EM POLÍTICA OS ALIADOS DE HOJE, SÃO INIMIGOS DE AMANHÔ.

Indicado de Lula ao STF foi condenado pela justiça do Amapá


Indicado pelo presidente Lula para o STF (Supremo Tribunal Federal), José Antonio Dias Toffoli foi condenado pela Justiça do Amapá no último dia 8, juntamente com outras três pessoas, a devolver R$ 420 mil ao Estado sob a acusação de ter ganho licitação supostamente ilegal em 2001 para prestar serviços advocatícios ao governo estadual. Se atualizado, o valor chega a R$ 700 mil.
A decisão de primeira instância respondeu a uma ação popular e entendeu que, além de Toffoli, Luís Maximiliano Telesca (então seu sócio em um escritório de advocacia), João Capiberibe (do PSB, governador do Amapá à época) e João Batista Plácido (que era procurador-geral do Estado) participaram de um procedimento licitatório "eivado de nulidade".
Toffoli hoje é advogado-geral da União e seu então sócio foram contratados para defender o governo do Amapá em ações que tramitavam nos tribunais superiores, em Brasília.
O valor total a ser ressarcido foi o quanto o escritório deles ganhou em um ano para executar o serviço --eram pagamentos mensais de R$ 35 mil.
A ação popular foi movida por um ex-governador do Amapá, Annibal Barcellos, inimigo político de Capiberibe e que abandonou a carreira política. Apesar de a ação ter sido iniciada em 2002, a decisão só saiu há dez dias, quando a indicação de Toffoli já era cogitada. Motivos
Ao menos Toffoli, Telesca e Capiberibe já recorreram da sentença, que cita dois motivos centrais para a condenação.
Primeiro, escreveu o juiz Mário Cézar Kaskelis, da 2ª Vara Cível de Macapá (AP), a concorrência pública ganha pelo escritório, cuja sociedade foi rompida em 2002, não foi acompanhada por toda a Comissão Permanente de Licitação do Estado, e sim apenas por seu presidente e pelo próprio procurador-geral, Plácido.
Segundo, conforme o juiz, a contratação dos advogados só teria sentido se o serviço pedido fosse especializado, e não pudesse ser cumprido por funcionários do próprio Estado.
"No caso, a atuação profissional da sociedade de advogados requerida não se revestiu de natureza singular, nem considerados os serviços em si, nem considerados os prestadores, de quem não se requeria notória especialização, visto tratar-se de demandas [...] com temática rotineira", disse o juiz.
"Portanto, a ilegalidade é patente, não só em relação ao procedimento da licitação, como também em relação ao seu objeto, pois em desacordo com a lei 8.666/93 [Lei das Licitações]", afirmou Kaskelis.
Para o juiz, a contratação acabou infringindo dois princípios constitucionais: o da legalidade e o da moralidade. Em sua decisão, ele não estipula quanto cada uma das quatro partes deverá desembolsar do valor total a ser devolvido.
À Folha Kaskelis disse que comentar sua decisão seria "inoportuno e inadequado". Uma advogada de Toffoli defendeu a legalidade dos serviços prestados e afirmou que ele teve seu direito de defesa cerceado durante o processo.
Segundo o artigo 101 da Constituição, entre os requisitos necessários para se tornar ministro do STF está o de ter uma "reputação ilibada".
Para João Paulo Pessoa, advogado especialista em direito constitucional, a exigência é "aberta" e a mera condenação em primeira instância não a infringe, necessariamente.
José Antonio Toffoli, ex-advogado do PT, ainda precisa ser sabatinado e aprovado pelo Senado. Tradicionalmente, esse processo apenas ratifica a indicação do presidente.
Fonte: Diario do Pará

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Mil famílias estão sendo beneficiadas com verba do Incra no Juruti velho

De acordo com dados obtidos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA os assentados da reforma agrária agora têm à disposição R$ 15 mil por família para a compra de matérias de construção. O credito que antes era de R$ 10 mil, foi incrementado para possibilitar a construção de casas com mais qualidades e melhor acabamento para melhora as condições de moradia nos assentamentos.

Este ano terão acessos aos novos valores cerca de 150 mil famílias assentadas em todo o País.

É importante lembrar que só serão beneficiadas como o novo valor do credito as comunidades onde nenhuma casa tenha sido entregue.

Aqui em juruti, mas precisamente na Vila de Juruti Velho a ACONJUVE já recebeu recursos do Incra para construir mil casas.

POEMA DA NOITE


Adormecida - Castro Alves
Uma noite, eu me lembro... Ela dormia Numa rede encostada molemente... Quase aberto o roupão... solto o cabelo E o pé descalço do tapete rente.

'Stava aberta a janela. Um cheiro agreste Exalavam as silvas da campina... E ao longe, num pedaço do horizonte, Via-se a noite plácida e divina.

De um jasmineiro os galhos encurvados, Indiscretos entravam pela sala, E de leve oscilando ao tom das auras, Iam na face trêmulos — beijá-la.
Era um quadro celeste!... A cada afago Mesmo em sonhos a moça estremecia... Quando ela serenava... a flor beijava-a... Quando ela ia beijar-lhe... a flor fugia...

Dir-se-ia que naquele doce instante Brincavam duas cândidas crianças... A brisa, que agitava as folhas verdes, Fazia-lhe ondear as negras tranças!

E o ramo ora chegava ora afastava-se... Mas quando a via despeitada a meio, P'ra não zangá-la... sacudia alegre Uma chuva de pétalas no seio...

Eu, fitando esta cena, repetia Naquela noite lânguida e sentida: "Ó flor! — tu és a virgem das campinas! "Virgem! — tu és a flor da minha vida!..."

Antônio Frederico de Castro Alves (Curralinho, 14 de março de 1847 - Salvador, 6 de julho de 1871). Foi um dos mais importantes poetas brasileiros. Disse uma vez: "Considero-me um poeta. Integrado no meu tempo. Cantei a natureza, a mulher, o amor e vivi a causa do meu século: entreguei-me inteiro à causa dos escravos". Castro Alves viveu pouco, porém, intensamente. É patrono da cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras. O poeta, que sofria de tuberculose, morreu prematuramente aos 24 anos. A cidade onde nasceu, hoje, chama-se Castro Alves.

Senado aprova unificação de documentos de identificação

CPF, passaporte e carteira de trabalho teriam mesmo número da identidade.
O Senado aprovou na noite de quarta-feira, por votação simbólica, um projeto de lei da Câmara que promete desburocratizar a vida do cidadão brasileiro.
O projeto, que agora vai a sanção presidencial, unifica vários documentos de identificação em um só.
A nova lei permitirá unificar a numeração do Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e passaporte, que passariam a ter o mesmo número do registro de identidade civil. A mudança seria feita à medida que cada $desses documentos fossem sendo expedidos.

Congresso reage à indicação de Toffoli para STF

Deu em O Globo
Indicado por Lula, advogado-geral da União recebe críticas de senadores da oposição por ter ligações com o Partido dos Trabalhadortes.
A confirmação da indicação ontem do advogado-geral da União, José Antonio Toffoli, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para substituir o ministro Carlos Alberto Direito no Supremo Tribunal Federal (STF), provocou forte reação no Congresso, onde Toffoli será sabatinado.
O vínculo com o PT, com o ex-ministro José Dirceu e com o próprio Lula, além da pouca idade (41 anos) e do exíguo currículo na área jurídica, são apontados por senadores, principalmente do PSDB, como elementos que podem lhe criar constrangimentos na sabatina e dificultar a aprovação da indicação no plenário da Casa.
Para evitar uma disputa entre oposição e governistas, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Demóstenes Torres (DEM-GO), escolheu Francisco Dornelles (PP-RJ), considerado neutro, como relator da indicação.
Segundo Álvaro Dias (PSDB-PR), há um clima de rejeição a Toffoli, não só no PSDB.
Ele diz que, diferentemente de outras indicações de ministros feitas por Lula, Toffoli não atende aos requisitos de competência, reputação ilibada, qualificação profissional, lisura, independência e histórico exemplar nas funções desempenhadas.

Prefeitura: A Administração do Samba do Crioulo doido

A Prefeitura de Juruti através da Secretaria de Finanças e Divisão de tributos está cobrando uma taxa de R$ 5.75, 00 para recebimento de ofícios.
Comentário do Blog do Isaias Filho
Me, desculpe a violência na articulação das palavras nesse comentário, mais a situação em Juruti já passou dos limites, está além do horror. A política em juruti está me causando arrepio sistemático. Não quero aqui bancar o sensitivo, mas está administração do atual prefeito está longe de uma prefeitura democrática e séria, digo, mas, essa administração está se caracterizando pela administração do Samba do Crioulo doido. Nunca tinha visto tantas medidas impopulares em uma só administração. Vejam só uma administração que recebeu só no ano passado de ISS 87.783.668,13 milhões e em janeiro deste ano recebeu 17.467.305,79 milhões e ainda cobra para receber um oficio em uma cidade onde a maioria da população vive sem menos de um salário mínimo e mesmo que ouvir piada no enterro do pai. Essa Administração parece se estiolar numa mesmice de procedimentos políticos que parecem véspera de alguma explosão.

Ana Júlia poderá suspender licença de operação concedida à ALCOA


A licença de operação concedida ao grupo multinacional Alcoa para o projeto de mineração de bauxita no município de Juruti, oeste do Pará, poderá ser suspensa se a empresa não cumprir a lista de condições estabelecidas pelo governo do Estado, a partir da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).
A garantia foi dada pela governadora Ana Júlia Carepa aos representantes das comunidades da região de Juruti Velho, com quem ela se reuniu após a inauguração oficial do novo empreendimento, na última terça-feira (15).
Na reunião, que aconteceu no Salão Paroquial Dom Bosco, na sede do município, e contou com as presenças do chefe da Casa Civil, Cláudio Puty; do prefeito de Juruti, Henrique Costa; do deputado estadual Carlos Martins (PT) e do superintendente regional do Incra no oeste do Pará, Luciano Brunet, a governadora leu, ponto por ponto, as condicionantes expressas na licença de operação concedida à Alcoa, relacionadas aos direitos das famílias e beneficiários de Juruti Velho.
Entre as condições estão a indenização por danos e prejuízos causados em todas as fases do empreendimento, renda pela ocupação do terreno e participação nos resultados da lavra. Para isso, Ana Júlia Carepa destacou que foi essencial a Concessão de Direito Real de Uso, dada pelo Incra à Associação das Comunidades da Região de Juruti Velho (Aconjurve), depois da movimentação política feita pelo governo do Estado. "Eu fui conversar pessoalmente com o presidente do Incra nacional para explicar a importância disso, para que vocês pudessem ter o direito de superficiários. Nós cumprimos nosso papel e trabalhamos para que os direitos de vocês fossem assegurados", reiterou a governadora.
Os termos colocados na licença também definem um prazo de 180 dias para definição dos valores a ser pagos às comunidades de Juruti Velho, pelas perdas e danos econômicos, sociais, culturais e ambientais, e que as comunidades representadas pela Aconjurve devem ter permanente acesso às informações sobre o empreendimento, a fim de fiscalizar o cumprimento das condições.
Tranquilidade - Ainda durante a reunião, a governadora tranquilizou os comunitários em relação às preocupações sobre a pressão de madeireiros e grileiros, e quanto à formalização de projetos estaduais de assentamento agroextrativistas na região, como nas glebas Nova Olinda 1, 2 e 3. "Os processos estão em andamento. O Iterpa (Instituto de Terras do Pará) está sendo fortalecido e autorizei a contratação de concursados exatamente para agilizar os processos de regularização fundiária. Pela primeira vez o Pará criou projetos de assentamentos já com a licença ambiental, corrigindo um erro que o Incra cometeu a vida inteira. E estamos intervindo não só em terras estaduais: fizemos parceria com a GRPU (Gerência Regional de Patrimônio da União) para regularizar e garantir o direito de quem vive em áreas pertencentes à União", informou a governadora.
Em relação ao andamento do projeto Luz para Todos em Juruti, Ana Júlia Carepa levou a notícia dada horas antes pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, responsável por 75% da execução do programa. "O ministro declarou o compromisso de que dará atenção especial ao Luz para Todos aqui, e estamos acompanhando esse processo", assegurou a governadora.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

PT pode fazer dobradinha com PR no Pará


O Presidente do Partido da Republica – PR e Vice – Prefeito de Belém Anivaldo Vale pode ser o vice na chapa de Ana Julia - PT para concorrer à reeleição.
Vamos aguardar mais informações!

Priante e Jader são os mais cotados para o Senado e o Governo do Estado


Fontes ligadas ao Ex – Deputado Federal Priante confidenciaram ao Blog do Isaias que praticamente a chapa do PMDB já está pronta para eleição estadual.

Para governo do estado será Jader Barbalho e para o Senado Priante é o mais contado. Vamos aguardar!

O PMDB de juruti está confiante na dobradinha Jader e Priante, “vamos trabalhar duro aqui em juruti para elegermos o Jader e o Priente”, revelou o ex- prefeito Isaias Batista Filho. O Blog ouviu cerca de 30 pessoas que disseram está na expectativa para saírem as ruas em busca de votos para eleger Priante e Jader.

Reforma Eleitoral Admite ficha suja



"Âlô ! Pronto, está feito, aprovamos a Reforma que nos interessa, tem ficha suja, tem doação oculta e tem a tentativa de calar as críticas".
Era previsível.

A Pseudo Reforma Eleitoral aprovada ontem no Congresso conseguiu piorar o que já era ruim. Tendo como relator a dupla formada por Marco Maciel (DEM) e Eduardo Azeredo (PSDB) e regulando os interesses de um Congresso totalmente indiferente as questões éticas e a vontade popular, só podia acabar no que acabou.

Continuam permitindo que concorram candidatos com ficha suja. Ladrões, homicidas, estupradores, estelionatários, quadrilheiros que não tenham sido julgados e condenados em última instância poderão ser candidatos, se reeleger, e vão conseguir, como já conseguem, partidos que os abriguem e forneçam legenda. É a legalização da patifaria e a desmoralização da Justiça nas suas instâncias primeiras.

Mas suas excelências não pararam por aí, visto que o estoque de perfídias é imenso.

Instituíram a “doação oculta”. Somente depois de seis meses das eleições, é que o partido vai estar obrigado a divulgar quem foram os doadores, assim a transparência com seis meses de atraso impedirá que o cidadão saiba com antecedência de negar o voto, ao candidato que recebeu dinheiro, por exemplo, de uma madeireira que põe a floresta Amazônica abaixo ou de uma empresa que explora trabalho escravo e infantil.

Validaram também o calote, e agora os partidos não são mais responsáveis pelas contas dos seus integrantes, garantindo assim a dinheirama do Fundo Partidário liberado mesmo com a contabilidade da Campanha sob suspeita.

Na última hora, quando já estava para ser aprovada a “Reforma”, o Senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) inseriu um substitutivo que “acaba com o anonimato” na Internet, sob a alegação de que é preciso ter controle sob ela. Anonimato na internet não existe, os IPs são rastreáveis e os provedores têm como identificar os autores de sites, blogs, e comentários. A Polícia Federal e também as estaduais, vem conseguindo identificar quadrilhas de ladrões virtuais e pedófilos, sem necessitar de novos mecanismos, que são na verdade apenas tentativa de censurar e impedir críticas.

A Pseudo Reforma Eleitoral vai agora de volta para a Câmara dos Deputados, onde, às pressas e toque de caixa, precisa ser votada e remetida à sanção do Presidente Lula. Não acredito que sofra vetos.

É com essa porcaria de Lei nova, e não mais com a porcaria de Lei antiga que vamos para o pleito de 2010, não faz muita diferença, com raras e honrosas exceções, (felizmente elas ainda existem) estarão disponíveis para receber o nosso voto, as mesmas porcarias de candidatos.

Prefeitura de Juruti recebeu aproximadamente 2 milhões em agosto de transferência constitucional

Prefeitura de Juruti recebeu no mês de agosto deste ano do Fundo de Participação dos Municípios – FPM e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica – FUNDEB aproximadamente R$ 2 milhões.

O Fundo de Participação dos Municípios é uma transferência constitucional (CF, Art. 159, I, b), composto de 22,5% da arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados. A distribuição dos recursos aos Municípios é feita de acordo o número de habitantes. São fixadas faixas populacionais, cabendo a cada uma delas um coeficiente individual. O mínimo é de 0,6 para Municípios com até 10.188 habitantes, e, o máximo é 4,0 para aqueles acima 156 mil. No caso de Juruti que tem uma população de 33. 775 conforme divulgação do IBGE de 2007 possui o coeficiente de 1.8%.
A verba destinada do FUNDEB é exclusivamente para investimentos na educação, onde 60% é destinado para valorização do magistério, 35% para investimentos e 5% para outros serviços na área da educação.

FPM – 576.354,92
FUNDEB – 1.199.644,17
Total: 1.778.839,73

Prefeito Henrique Costa tenta fazer manobra no TCM

De acordo com o Programa Rota 5 da TV- Ponta Negra, vinculado ao SBT o prefeito de Juruti Henrique Costa, encaminhou ao Tribunal de Contas dos Municípios do Pará solicitação de uma auditagem em suas próprias contas referente ao seu primeiro mandato de 20005 à 2008.

O encaminhamento tem como objetivo detectar algumas irregularidades que podem ter acontecido em sua administração.

É bom lembrar que o prefeito foi reeleito para, mas quatro anos de administração, ou seja, a auditagem das supostas irregularidades que podem ter acontecido em seu primeiro mandato, vão ser corrigidas pelo seu próprio governo.

A verdade é que de burro o Prefeito Henrique Costa não tem nada. Se seu grupo perder a próxima eleição, digo a eleição estadual. Ele sabe que vem chumbo grosso para seu lado, então é melhor corrigir as possíveis irregularidades no poder do que fora dele. Exemplo clássico foi o ex-prefeito Isaias Batista filho que não fez à mesma manobra, e está sofrendo por isso, ou seja, por está fora do poder!

Vereadores aprovam o Código Ambiental do Município e criticam ALCOA

Vereadores aprovaram ontem por unanimidade o Código Ambiental do Município. Para o vereador Erodice Brelaz – DEM “Esse foi um momento importante para vida do Município por que esse código vai definir as políticas públicas para o meio ambiente daqui para frente”.

Os nove vereadores que subiram à tribuna criticaram duramente a forma como o poder Legislativo foi desprestigiado pela ALCOA durante a entrega pela Governadora Ana Julia da autorização para que a Empresa Mineradora possa escoar a bauxita de juruti. O Presidente da Câmara, Manoel Borges – PTB disse que vai enviar uma nota de repudio para ALCOA. Ele chegou a dizer em um trecho de seu discurso que não liberaria, mas a Casa para reuniões da Associação Juruti Sustentável, mas voltou atrás depois que o vereador Erodice Brelaz o aparteou dizendo que o Poder Legislativo não pode apequenar o debate e tomar essas medidas impopulares. Disse ainda que, é preciso ter bom senso neste momento, “Vereadores, está casa é um dos poderes que são pilares de nossa recente Democracia, está casa compõem os três poderes da Republica Federativa Brasileira que o Executivo, Legislativo e o Judiciário, então é preciso ter cautela com as nossas decisões”, frisou o Democrata.

Em seu pronunciamento na Tribuna Erodice - DEM disse, que faltou sensibilidade por parte da Mineradora por não ter convidado os ex-vereadores e o ex-prefeito dessa cidade que foram importantes para vinda da ALCOA para nossa cidade, “é preciso não esquecer o passado, por que sem ele não existiria o presente”.

O vereador Carlos Alberto - DEM, disse que vai entrar com uma representação contra ALCOA por danos ambientais ao município de juruti.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Priante e Rocha visitam região Oeste do Pará


O Deputado Estadual Antonio Rocha e o Ex – Dep. Federal José Priante estiveram visitando ontem os municipios de Terra - Santa, Oriximina e Obidos. O motivo era rever os antigos e novos aliados politicos.

Visita ilustre ao ninho pemidebista


O Deputado Federal Lira Maia e Vereadores do Democrata de Juruti visitaram a residência do ex-prefeito Isaias Batista Filho hoje pela manhã. Lira Maia pediu o apoio de Isaias Batista para sua reeleição. Em resposta Isaias disse que já tem candidato fechado tanto Federal como Estadual. Os escolhidos são: Printe e Rocha. Caso José Printe concorra ao Senado ou Governo do Estado, aí sim Isaias emprestará seu prestigio ao Dep. Lira Maia.

Aberta a Caixa Preta da Educação Municipal de Juruti

AULA NO ESCURO POR FALTA DE LÂMPADAS
SALA DE AULA

SALA DE AULA
REFEITÓRIO DA ESCOLA

Comentário do Blog do Isaias Filho
As fotos da Escola Zelinda Guimarães nos revelam o descaso do poder público municipal com a educação. É bem verdade que hoje em juruti estamos precisando mais do que ação. Estamos precisando de fatos e essas fotos desmoralizam os fatos. Já diria o jargão popular “Não há argumentos quanto se tem fatos”. E, nós temos muito mais do que fatos, temos fotos.